Sempre chega a hora


Sempre chega a hora de aceitar aquilo que você não pode evitar.
Sempre chega a hora de tirar o time de campo.
Sempre chega a hora de pegar as suas coisas e partir.

Não é fácil ter que lidar com devaneios que nunca se tornarão realidade. Às vezes, a gente precisa compreender que nem tudo é como a gente sonha. É bonito insistir, se fazer presente, se entregar por inteiro. Mas quando não há mais qualquer resquício de reciprocidade, é hora de seguir em frente. É hora de entender que algumas coisas precisam ser deixadas para trás e que alguns sentimentos precisam ser engavetados.
Por mais que isso possa machucar.

Sempre chega a hora de o coração voltar para o peito.
Sempre chega a hora de voltar pela mesma estrada.
Sempre chega a hora de desistir de tudo o que você planejou.

Diego Dittrich

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram