Dias de Solidão


Já amanheceu no horizonte
Posso sentir os primeiros raios de sol
E ouvir o canto dos pássaros
Invadirem os meus sentidos

Abro meus olhos com expectativa
Mas minha visão está distorcendo
Aquilo que seria o meu quarto
Que seria o meu mundo particular

Luto contra meus pensamentos
Na tentativa vã de libertar minha mente
Que varre as lembranças desta noite
Daquilo que poderia ter sido

Me levanto, me distraio, tropeço
Mal posso encostar os pés no chão
Seria mais fácil se eu não estivesse só
E pudesse me apoiar nas minhas certezas

É mais um dia que tenho a enfrentar
Afogar o passado e encarar o presente
E como vai ser daqui para frente
É o primeiro dos meus dias de solidão

Por Diego Dittrich

Comentários

  1. Eita rapazinho que usa palavras fortes e profundas! Tu tem talendo meu amigo. Parabéns Dih por ter sentimentos a flor da pele e poder soltar isso em belas palavras

    ResponderExcluir
  2. Todo mundo vive dias de solidão...
    Mas o que importa, é que Deus está do nosso lado!
    Até podemos achar que estamos sozinhos, mas na verdade, não estamos!
    Como sempre... Me identifiquei com tudo o que escreveu!
    Por isso que continuo sempre aqui!
    Sendo o fã número 1 do seu blog!!
    Parabéns amigão!
    Abraços! o/

    ResponderExcluir
  3. Todo mundo vive dias de solidão...
    Mas o que importa, é que Deus está do nosso lado!
    Até podemos achar que estamos sozinhos, mas na verdade, não estamos!
    Como sempre... Me identifiquei com tudo o que escreveu!
    Por isso que continuo sempre aqui!
    Sendo o fã número 1 do seu blog!!
    Parabéns amigão!
    Abraços! o/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA DE FILME: Um Amor Para Recordar (A Walk To Remember) - 2002

Dançando na Chuva

Sempre chega a hora