Entendi o que é o mar...


Foi inevitável escapar.
Quando dei por mim
estava, então, submerso
num mar de ilusões.

Gritos e sussurros...
Ecos que pareciam
fazer algum sentido
em meu pensamento.

Fragmentos intactos
de algo que se perdeu.
Um crime mal resolvido
de um coração partido.
 
Sem me defrontar,
resolvi mergulhar.
Até que, enfim,
entendi o que é o mar.

- Diego Dittrich

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA DE FILME: Um Amor Para Recordar (A Walk To Remember) - 2002

Dançando na Chuva

Sempre chega a hora