Tudo acaba um dia


Ah, se eu pudesse voltar naquele tempo
em que seus olhos pertenciam a mim...
O universo conspirava a nosso favor,
éramos feitos um para o outro...
Não havia dor, não havia tristezas.
Era um mundo imenso de paixão
esculpido pelas nossas próprias mãos...

Mas, como tudo que acaba um dia,
você se foi, deixando marcas em mim.
Profundas e doloridas que não se curam.
Sem palavras, simplesmente, só um adeus
que ficou gravado no meu coração.

Hoje sou o que sobrou dos sonhos bons
que eu havia planejado ao lado teu.
Um mero corpo, sem alma, vagando
sem um destino certo, sem rumo.
Hoje luto contra meus pensamentos
que insistem em te trazer pra mim.
E não sei se isso, um dia, vai passar...

Diego Dittrich

Um comentário:

  1. "Hoje sou o que sobrou dos sonhos bons"
    =(

    Texto lindo e triste ao mesmo tempo...

    ResponderExcluir

Instagram