Ponto de Partida - Parte II


Lá vou eu de novo, trocando meus passos.
Não, eu não desisti de recomeçar.
Posso observar os obstáculos em frente...
são curvas perigosas e pedras traiçoeiras
mas eu sei que posso enfrentar tudo isso.
Eu já estive nessa estrada antes.

Já nem enxergo o meu ponto de partida.
Ele ficou pra trás, junto do meu passado.
Mas ainda há alguma razão pra olhar pra trás:
é lá que o sol se põe com seu esplendôr,
eu não posso perder esse espetáculo.

O silêncio, resoluto, decidiu me acompanhar.

Não vou me abalar com o frio traiçoeiro,
então me agarro na esperança de encontrar
a trilha certa para alcançar o ápice da felicidade.
Tudo o que aconteceu não me aflige mais.
Estou decidido a buscar a minha paz.
E eu vou encontrá-la, custe o que custar.

DiegoDiTrix

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA DE FILME: Um Amor Para Recordar (A Walk To Remember) - 2002

Dançando na Chuva

Sempre chega a hora