Uma Síntese de Mim


Eu estou parado aqui
Uma metade está em mim
A outra, eu nem vi passar
Escondida em algum lugar

Reviro o meu passado
Na tentativa vã de entender
O que te calou, o que te afastou daqui
Não faz sentido você longe de mim

Meu coração derrapa nas curvas
Minha voz cessa no tempo
Eu procuro por motivos banais
Enquanto luto para me manter vivo

As ruas estão desertas
Nossos destinos estão incertos
Eu vou juntando o que sobrou de mim
Nosso tempo foi vivido
As horas foram perdidas
Vou recuando a essência de viver

É um texto fácil de ser lido errado
Uma porção frágil do meu sentimento
O tempo não corre ao meu favor
E os erros ainda são minhas fraquezas


-Por Diego Dittrich

Um comentário:

  1. "As ruas estão desertas
    Nossos destinos estão incertos"

    Sempre amo o que vc escreve!!
    Com isso fico cada vez mais viciado no teu blog!!

    Parabéns por tudo!!!

    Obrigado por estar de volta e fazer esse blog existir!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Instagram