Desabafo: 'Entre a cruz e a espada'


Faz tempinho que não posto aqui, né?? Enfim... foi muita correria nos últimos meses, tirei férias e tentei ter uma vida mais "real", digamos assim. Culpa também do Twitter que me viciou de forma que cheguei a abandonar outras redes sociais, como o Orkut - eu já falei sobre isso neste post. Mas cá estou! Vou tentar postar com mais frequência.

E, pra comemorar, troquei o layout. Aquele já me enjoou. u.u

Segue um pequeno texto (na verdade, um desabafo!) que escrevi há séculos atrás e que revela bem o que sinto atualmente (pode estar acontecendo de novo... =/). O nome é "Entre a Cruz e a Espada". Espero que gostem! ;)

Passo por um momento complicado. Estou entre a cruz e a espada, tendo que decidir entre seguir a razão ou seguir o coração. Percebo que a cada dia estou me embolando cada vez mais numa teia de confusões das quais eu não sei como escapar. É inútil tentar.

Amo alguém. Mas esse amar insiste em corroer minha alma e maltratar minha mente. Penso que se não tivesse deixado as coisas irem tão longe, talvez eu pudesse retroceder e apagar tudo, mas a verdade é que me envolvi tanto que seria tolice abrir mão de promessas que fiz e de palavras proferidas por mim que poderiam machucar um coração.

Queria poder não ser tão frágil por dentro.
Queria aprender a ser mais tolerante.
Queria, ao menos, saber o que fazer e como agir.
Queria, acima de tudo, que você soubesse que de todas as coisas que me perturbam, a pior delas é ter que lutar diariamente contra a vontade de estar com você...

Por Diego Dittrich

E é isso... (triste, não?) fica meu abraço a todos e até qualquer hora!

See ya! o/

Comentários

  1. entendi...

    e uma perguntinha.. isso tem quanto tempo? quando foi esse post?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA DE FILME: Um Amor Para Recordar (A Walk To Remember) - 2002

Dançando na Chuva

Sempre chega a hora