Minhas Decisões


Decidi esquecer rostos,
apagar quaisquer vestígios
e seguir na minha caminhada.

Decidi afogar promessas feitas,
que não foram cumpridas
e que nunca vão se concretizar.

Decidi ignorar o passado,
todas as coisas que ele me trouxe
e que deviam ser deixadas para trás.

Decidi enterrar sentimentos
que jaziam dentro do meu coração
e que precisavam ser libertados.

Decidi ser feliz a partir de hoje,
abraçar aquilo que me faz feliz
e me importar apenas com a felicidade.

Diego Dittrich

Comentários

  1. ' Hoje estou me sentindo exatamente assim. Suas palavras me atingem feito espelhos... Parabéns. Linda poesia.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela decisão. O mais difícil é tomá-la. Seja feliz!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA DE FILME: Um Amor Para Recordar (A Walk To Remember) - 2002

Dançando na Chuva

Sempre chega a hora