A Te Esperar


Em meio a valsa que embala os corações apaixonados,
estou eu perdido, sem saber ao menos onde estou.
Finjo esquecer, aparento não me importar com isso
mas meus olhos carregam a dor dessa solidão pertinaz
que dilacera meu coração e me arrebata a paz.
É tarde da noite mas meu coração ainda não notou.
Fico a te esperar... de algum lugar você vai aparecer...
do sopro do vento, de um raio de sol, de mim...
ou em meio às notas desta triste e importuna canção.
Fico a te esperar... Enquanto eu respirar, enquanto meu coração bater...

Diego Dittrich

6 comentários:

  1. Di, gostei muito desse seu post, da foto e principalmente do conteúdo.
    Foi traduzido que quando amamos, esperamos o tempo que for preciso...
    Talvez amar seja isso, um entrar no tempo do outro.
    .
    .
    .

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Ow, obrigado pelo comentário, Du!! *-*
    Suas palavras resumiram bem aquilo que eu tentei dizer no post! Obrigado! =D

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. È um lindo texto, só não sei se vale a pena esperar por quem não nos quer, sei como dói, é difícil, mas às vezes abrir mão e seguir em frente é melhor. Felicidades e seja o que Deus quiser.

    ResponderExcluir
  4. Concordo!

    A gente só espera por aquilo que realmente vale a pena!

    Obrigado pelo comentário! ^^

    ResponderExcluir
  5. E a gente espera, "em meio a valsa" sem, ao menos, saber dançar.
    Espera por um coração que possa guiar o nosso, que possa nos trazer alegria, paz, tudo o que de nós foi tirado. Mas quase sempre esse coração que a gente espera é o mesmo que nos dilacera.


    Lindo texto Dí, mto profundo.

    ResponderExcluir
  6. Nhá, Biaa!! *-*

    Seus comentários sempre dando um toque a mais aos meus posts! Fico tão feliz! Obrigado por complementar os textos com suas palavras!

    ResponderExcluir

Instagram