Estrada


Caminho sozinho por essa estrada vazia que antes pertencia a nós dois. Sinto o vento me tocar e me trazer um alento de esperança mas é algo momentâneo, passageiro. Logo lembro o motivo de estar voltando pra casa e uma lágrima rola pelo meu rosto. 

Já não importa mais. Só espero que essa estrada me conduza ao lugar certo. Espero que eu consiga chegar aonde eu quero, mesmo desanimado, mesmo sem forças, mesmo sem meu coração aqui comigo.

Posso sentir o cheiro da chuva. Ela se aproxima, decidida a encharcar a terra e tudo o que nela há. Eu anseio por sua presença, que ela lave meu corpo, purifique minha alma e faça brilhar o que está obscuro dentro de mim. Que ela me ensine a enfrentar, me ajude a continuar, me encoraje a superar, me instrua a ser forte já que decidi não voltar atrás. Já que, agora, é tarde demais pra voltar atrás...

Diego Dittrich

Comentários

  1. Me fez lembrar uma música:

    "Sem você, perco meu ponto de partida
    Sim, eu sei, resta tentar tocar a vida
    mas não haverá alguém em seu lugar..."
    =´(

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA DE FILME: Um Amor Para Recordar (A Walk To Remember) - 2002

Dançando na Chuva

Sempre chega a hora