Meu Próprio Eu


Quantas ilusões vou ter de enfrentar?
Quantas vezes vou ter que olhar para o espelho
e encarar uma imagem distorcida de mim?

Não sei por quanto tempo vou aguentar,
já não sei se posso suportar ainda mais
essa dor de enfrentar o meu próprio eu...

É uma luta tão injusta comigo!
Como posso vencer eu mesmo?
Como posso desafiar todos os meus princípios?

Quando poderei libertar minha intuição
e dizer que as coisas são como eu sonhei?
Por que tenho que passar por tudo isso?

São apenas meus questionamentos íntimos,
são apenas respostas ocultas dentro de mim...
E só preciso de um tempo para encontrá-las.

Diego A. Dittrich

2 comentários:

  1. Nossa Dí!!
    Sem palavras...
    Me vi totalmente nesse poema!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Bia! *-*
    Eu tbm me vejo mto nos seus!

    ResponderExcluir

Instagram