A lembrança persiste...


Persiste a lembrança...
Já não há luz pra enxergar
Tornou-se um mistério para mim
Enquanto meus passos ficam,
meus pés carregam o passado
Escondo recordações de outrora
Ignoro memórias que me consumiam
Enfrento dias iguais as noites frias
Disfarço sorrisos com o rosto calado
O mistério da claridade
agora é uma escuridão branda
Confio nas asas do tempo
Descanso nos braços da vida
E a lembrança persiste...

Diego Dittrich

4 comentários:

  1. Precisamos apagar o passado pra continuarmos em frente. Parabéns pelo seu blog! Seus textos são lindos.

    ResponderExcluir
  2. Texto lindo!!
    Triste e profundo, é até engraçado como a tristeza fica bonita em suas palavras.

    "Confio nas asas do tempo
    Descanso nos braços da vida"

    Parabéns Dí!!!

    ResponderExcluir
  3. Texto melancólico, mas mt lindo, Di! Amei! ♥

    ResponderExcluir
  4. Tá lindo o blog, tá lindo tudo Dii!! BjuX!

    ResponderExcluir

Instagram