Conflitos...

 

É difícil lidar com minhas emoções
Outrora estou satifeito
De repente, melancólico
Me perco em sensações indistintas

Não quero magoar ninguém
Não quero ferir a mim mesmo
Nem tampouco machucar minha alma
Ou desiludir meus sentimentos

Quero apenas ser o que sou
Do tamanho que eu quero ser
Nas proporções que eu pretendo
Nem bom, nem arriscado

Quero viver o que eu sinto
Escrever a história que eu inspiro
Dedilhar as notas que eu crio
Cantar no tom que eu compreendo

Independente, livre, espontâneo
Contente, alegre, satisfeito
É tudo o que eu desejo ter
É tudo o que eu preciso ser

Diego Dittrich

Comentários

  1. Vc simplesmente é demais!!!
    Por isso que te amo tanto!
    A Palavras ganham vida com teus pensamentos, seus sentimentos transbordam paixão por aqueles que te leem. Louvo a Deus pela sua vida.

    ResponderExcluir
  2. Diego,


    Parabéns pelo blog em seu todo ...
    Tudo de bom gosto e sua escrita
    é muito boa.


    Bjo.

    ResponderExcluir
  3. Puxa, obrigado! Agradeço demais pelo carinho! :)

    ResponderExcluir
  4. Diego,


    Parabéns pelo blog em seu todo ...
    Tudo de bom gosto e sua escrita
    é muito boa.


    Bjo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA DE FILME: Um Amor Para Recordar (A Walk To Remember) - 2002

Dançando na Chuva

Sempre chega a hora